Baianinho, um dos engraxates mais antigos de Maringá

Baianinho, um dos engraxates mais antigos de Maringá

Na segunda reportagem especial sobre os 70 anos de Maringá, o repórter Bruno Gerhard conversou com uma das figuras históricas do município. Trata-se de José Xavier, o baianinho, um engraxate que fez da cidade o seu lar. Ele nasceu na Bahia e ganhou o apelido por conta disso, simples assim. Trabalha até hoje na área central de Maringá – e sempre com um sorriso no rosto.

Baianinho veio para o município quando moleque, meio que na traquinagem. Ele estava sendo criado por um tio, que tinha a intenção de deixá-lo na Bahia. Só que brincando com outras crianças, ele notou que todo mundo subia em um caminhão e foi logo se enfiando nele. “Eu fiquei debaixo onde o povo senta com bastante molecada. Daí o pau de arara [fez] uma descida e eu também desci. Ele [o tio] me viu, deu uns cascudos, mas não tinha jeito de trazer mais [para a Bahia] por que era muito longe, aí me trouxe pra cá [Maringá] na marra”, conta José.

José Xavier, o baianinho, não para de engraxar nem para dar entrevista

Desde 1954 o engraxate trabalha no mesmo lugar, na Avenida Getúlio Vargas. Na reportagem, baianinho diz que quando chegou era comum ver a criançada brincando por ali, já que a cidade ainda estava em desenvolvimento e não existia muito fluxo de veículos. “Melhor do que hoje era para a molecada. A intenção da gente era mais nadar, brincar, jogar pedra”, afirma.

É, eis que Maringá foi ficando no coração do José. Tanto que ele até começou a torcer para o Grêmio, que chegou a dar alguns estaduais para a cidade. “[Era] campo lotado, aquela festa e não tinha jeito, nós [ganhávamos] mesmo. Quando o Grêmio foi campeão nós tomamos banho lá dentro da praça [Raposo Tavares]”, lembra baianinho.

Foto histórica do chafariz da Praça Raposo Tavares

E passados anos de história, o engraxate diz ter apenas gratidão pela cidade. “Na minha vida é muito importante. Eu fico devendo para Maringá, por que me acolheu e acreditou em mim”, finaliza.

Assista à segunda reportagem da série Maringá 70 anos:

E ainda tem mais duas reportagens especiais para serem exibidas ao longo desta semana no Balanço Geral, que começa ao meio-dia com apresentação do Salsicha. Não perca!

Reportagem: Bruno Gerhard
Imagens: Elvis Marçal
Produção: Vanessa Bellei
Edição de Texto: Ricardo Andretto

Edição de Imagens: Altair Ribeiro

Compartilhe